Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

another design blogg'irl

another design blogg'irl

RGPD - Proteção de Dados - Tip alert?!

Hello pessoal, 

 

Obviamente que também eu andei curiosa em relação ao regulamento que tem assombrado os empresários e as grandes empresas que gerem e vivem de dados (dos outros). Mas não andem tão alarmados! Obviamente que ninguém vos vai processar por terem um blog e falaram de cebolas, cremes e peças de roupa! 

 

Tantos, certamente como eu, procuraram o regulamento para se informarem melhor mas 156 páginas (para ler num domingo) ninguém merece. Então andei por alguns blogs e sites a ler o que os mais entendidos dizem. 

Encontrei de forma mais simples estes três sitios, caso queiram espreitar:  

Proteção de Dados - o regulamento

Onde li: 

A autoridade supervisora só tem de ser notificada de uma violação de dados pessoais se essa falha apresentar riscos para os direitos e liberdades dos indivíduos. Nomeadamente, provocar efeitos de detrimento como descriminação, ameaça à reputação, perda financeira, perda de confidencialidade ou qualquer outra desvantagem social ou económica significativa. Este processo tem de ser tratado caso a caso. 

 

RGPD - A nova colher de pau, por Miguel Gonçalves E-goi 

Onde li: 

O que vão fazer a seguir? Pedir que se mande uma assinatura digital para receber uma newsletter de uma loja de bordados? Uma jura de sangue para autorizar uma factura electrónica?

Como seria demasiado escandaloso sugerir tal enormidade, ao invés disso é recomendado que se envie um pedido de re-confirmação. É uma sugestão que parece muito mais benigna, mas que, tal como vimos na simulação acima, tem 90% da eficácia (ou letalidade, dependendo do ponto de vista) da “opção nuclear”.

 

SAGE - Visão Geral do RGPD 

E ainda do site do sage, deixo-vos a infografia mais simples e mais fácil de interpretar até à data. 

 

O RGPD visto a 360° - Sage

Para mais informações sobre o RGPD, visite esta página.

 

Acho que no fundo não é nada que as empresas, os empresários e os outros (nós) não saibam. Os dados pessoais só pode ser utilizados para aquilo que damos a nossa autorização e sempre foi (ou deveria ser) assim. Contudo e com a figua nova do DPO - Encarregado da Proteção de Dados este assunto ganha maior controlo e rigor. Ajuda as empresas a não serem "chatinhas" "spams" e aos consumidores a confiarem nas estruturas e empresas às quais fornecem dados pessoais. Pois existe desde 25 de Maio (data em que entrou oficialmente em vigor o novo regulamento) um regulamento e várias entidades a quem reportar em caso de abuso ou dano (por parte da divulgação e/ou fuga dos dados pessoas fornecidos). 

 

RGPD no Blog - Tenho lido muitas bloggers que estão preocupadas com a implementação do rgpd e as suas implicações no blog. Mas é exatamente da mesma maneira. Os vossos subscritores consentiram e queriam seguir as vossas páginas e blogs, pronto. Sem problema nisso! Vocês podem divulgar por exemplo, a vossa lista de seguidores com os nomes reais das pessoas, claro que não! Mas isso vocês sabem neh?! Nem faz quaquer sentido. 

 

O cuidado é com imagens, postagens com imagens não "free" ou com "direitos de autor", imagens mediáticas que podem trazer complicações a qualquer blogger. Mas nada de novo também! 

 

Sempre que fazem referências a outros posts, sites ou marcas, coloquem as fontes, os links e nunca atentem contra os direitos e a politica de privacidade de ninguém/marca ou empresa. Informem-se primeiro, mas este regulamento não veio à rua matar os blogs, podem descansar. A verdade e que vem direccionado às empresas e a forma como lidam com os dados pessoais de cada um. Como por exemplo: Não faz sentido um funcionário que se despediu às 10 anos atrás e os seus dados ainda existirem nas bases de dados da empresa. percebem? isso tem de ser corrigido porque 10 anos depois, numa empresa outras pessoas, novas pessoas podem ter acesso a esses dados sem qualquer direito ou consentimento e não é correto, certo? 

 

Depois de lerem os links que vos deixei e a minha modesta (e muito simplificada) opinião sobre o rgpd se ficaram com dúvidas, comentem aí que tento ajudar :) 

2 comentários

Comentar post