Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

another design blogg'irl

another design blogg'irl

Qua | 01.08.18

Soma dos dias - Episódio 13

ctigredesign

Capturar.PNG

 

Hoje a minha mãe faz anos! E não podia deixar em branco aqui no blog tudo o que sinto por ela. E a felicidade e gratidão de a ter como minha mãe. 

A minha mãe é linda de morrer! É morena e tem olhos azuis, pele branquinha e é alta (mas ela decidiu deixar a beleza dos seus olhos claros ao meu irmão. E eu fiquei com o cabelo dela). 

A minha mãe trabalha imenso para sustentar a familia e tem uma paciência GIGANTE para nos aturar a todos, eu o meu irmão e o meu pai. Agora já não vivo com eles, mas continuo a dar trabalho! 

Admiro a minha mãe e gostava mesmo de um dia ser como ela! Ter aquele espirito guerreiro e de nunca desistir. Ter sempre uma atitude de fé e esperança de que melhores dias sempre virão para esquecer os menos bons. 

A minha mãe ensinou-me a ser carinhosa, a dar beijos e abraços. Ela e o meu pai (ainda nos dias de hoje) trocam bilhetes com recados e assinam "amo-te muito". Deixavam-nos bilhetes em casa com recados tipo "Liga a máquina de lavar às 2h. Amo-te muito" e o meu pai igual! Por isso crescer assim foi perfeito. Claro que quando tinha menos idade não achava grande piada a muita coisa que em casa se passava e queria muitas vezes uma familia melhor... mas isso são aquelas coisas das "crianças" ... porque agora que tenho 28 anos não poderia desejar uns pais melhores. Porque os meus são os que eu preciso. E a minha mãe não a trocava por nada deste mundo. NUNCA! 

A minha mãe nunca deixou que nada de realmente importante me faltasse! Podia não ter a última moda das sapatilhas mas tinha uma calculadora para as aulas. Podia não ter umas calças da LEVI's mas tinha bastante comida em casa! Até demais! E para mim ela e o meu pai são dois lutadores que nunca deixaram que nada nos faltasse, a mim e ao meu irmão. 

Ajudam o próximo, e nunca esperam nada em troca. São bons seres humanos! E eu nãp poderia ter nascido numa outra familia, pois não seria a pessoa que sou hoje. 

Dou muito valor à familia, aos amigos e às coisas que realmente importam na vida ... se tenho direiro fixe, senão tenho fixe na mesma. (percebem?) 

Acho que me conseguiram passar os valores essenciais e corretos que me permitem ser uma pessoa com respeito, etica profissional e pessoal. Uma pessoa não invejosa, ,trabalhadora e sem maldade para com os outros, mesmo aqueles que nos difamam e prejudicam. 

 

A minha mãe é assim, serena e meiga. Verdadeira e fiel. Amiga e confidente. Um apoio e um pilar na familia, como a mulher sempre costuma/deve ser. Costuma-se dizer que as mulheres são os pilares da casa e fda familia e na nossa familia ela é realmente o nosso pilar... sem ela estavamos completamente perdidos e desorientados. 

 

Deus deu-me uma mãe, uma amiga e um exemplo de preserverança, força e amor. 

Parabéns mãe, que vivas muitos, muitos e muitos anos ao meu lado! Pois não sei viver sem ti... e não quero sequer imaginar!