Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

another design blogg'irl

another design blogg'irl

#top10 - Erros que cometemos no trabalho

Boas pessoal, 

hoje no meu Top10 venho debater os 10 erros mais comuns que (eu acho) que cometemos no trabalho e que com o passar do tempo (ou dos anos) nos vimos a arrepender e a dizer "Ai, se eu soubesse o que sei hoje!!"  Por isso ... leiam e não cometam estes erros... Ou tentem minimizar algumas atitudes  que vos vão cair em cima quando menos esperarem. 

 

#1 - Dar horas extraordinárias (geralmente não remuneradas)

horas-estructuradas-y-horas-extras-no-estructurada 

Eu sei bem que, quando somos novos num trabalho queremos aprender o mais rápido possível o maior conteúdo e experiência possível. Mas habituem-se a entrar e sair a horas. Eu tinha um grande mal (dificilmente entrava à hora certa!) mas também tinha outro, nunca saía a horas! Muito mau hábito! Procurem fazer o vosso horário e ser eficientes nas vossas 8h/produção porque as horas foras do trabalho são preciosas... Quando dão horas free e extra, os patrões habituam-se. Quando começam a tentar sair a horas é altura das piadas "já não queres saber da empresa" , "já vais, tão cedo?" ... percebem? 

 

#2 - Dar demasiada confiança  

Eu sei que quando somos novos queremos integrar-nos... mas essa integração se for demasiada vai dar bronca futura na certa! Podem e devem dar-se bem com todos os colegas mas nunca, jamais levem assuntos particulares para o vosso trabalho. Porque depois as pessoas já sentem que podem opinar e fazer piadas sobre este ou aquele assunto. No trabalho é trabalho, em casa é casa. Esqueçam o trabalho também em casa (quase nunca consigo, mas tento.. e tenho melhorado!). 

 

#3 - Achar soluções para tudo 

7-negative-health-effects-of-excessive-work.jpg

Pois! 

Parece estúpido como "achar soluções para tudo" é um erro. Mas é! Quando é preciso fazer alguma coisa que ninguém sabe muito bem como e vocês até sabem e oferecem a vossa ajuda, mesmo não sendo um assunto relacionado com a vossa função na empresa. Pronto... tenda armada! Porque da próxima vez que outro problema aparecer voltam a recorrer a vocês, e depois outro problema e voltam a recorrer a quem "remenda a costura" e quando derem por isso tem menos tempo para o vosso trabalho, aquele que...sabem, foram contratados para fazer! 

 

#4 - Acumular funções 

1642562-98978-busy-office-guy-at-work-on-his-compu 

Este é o pior erro que cometemos, na minha opinião e que devem tentar fugir! Se são contratados para descascar cebolas, descasquem cebolas unica e exclusivamente! Eu sei que hoje em dia temos de ser multi-task. Mas ser multi-task nem sempre é a solução. Se vocês são responsáveis por várias tarefas/setores (todas elas importantes) nenhuma delas vai ficar bem feita! E vai consumir o vosso tempo na organização e planeamento das funções acumuladas e na solução dos vários problemas, das diferentes áreas. Para não falar que vão ficar mais cansados, ansiosos e stressados com medo de não conseguir fazer tudo! Pois é, relaxem, ninguém consegue fazer tudo! 

 

#5 - Levar material vosso para o trabalho

Nunca levem o vosso material, os vossos objetos. Frequentemente fazia isso... levava as minhas canetas, os meus marcadores, a minha máquina fotográfica, a minha tesoura! Não há necessidade... vão estragar as vossas coisas. A empresa fornece aquilo que vocês precisarem. Se não fornece, paciência, não tem meios para trabalhar, não trabalham.

Deixem as coisinhas de casa em casa. Quando há um "despedimento" lá vem vocês com a tralha atrás! Desnecessário, não acham? 

 

#6 - Não critiquem nenhum colega da empresa, com outro colega 

aqws.PNG 

Como tudo se sabe e rápido comentar o trabalho dos outros, a vossa opinião sobre determinada pessoa com outro colega vosso vai criar asneira again! Não comentem o trabalho dos outros, a não ser que vos seja requerido essa avaliação por parte da gerência/RH ou outro. Porque vai criar desconforto se a pessoa souber que vocês disseram isto ou aquilo e meus amigos, no trabalho tudo se sabe, tudo se diz. É um diz-que-disse constante. Aprendi muito nos sitios onde trabalhei e se há coisa que levo das experiências anteriores é que mais vale guardar para nós determinadas opiniões. 

 

#7 - Não se queixem aos patrões 

(ou por outras palavras) Não façam queixinhas dos vossos colegas à gerência. Tipo cresçam e confrontem as pessoas sobre o que não vos agradou ou como podem melhorar para não haverem mais falhas, agora poupem a atitude mesquinha de ligar aos patrões e contar "o que se passou" com ar de vitimas e cheios de sentimentos de preocupação para com a empresa. Sejam honestos, frontais e não tenham medo do confronto (amigavel e com respeito) aos vossos colegas de trabalho. 

 

#8 - Não se achem demasiado especiais 

Por melhor que seja a vossa relação com a entidade empregadora não achem que só porque está tudo a correr bem e estão a fazer um bom trabalho a entidade vos considera quase um "filho". Acreditem que quando a coisa ficar preta, ou acontecerem situações menos boas, vocês são logo postos abaixo da cadeia alimentar... e já não prestam como os outros. Não achem nada. Não criem expectativas de que estão no "trabalho da vossa vida" porque as coisas mudam num segundo. E a ingratidão e a crítica começam a bombar de todos os lados. Façam sempre o melhor que conseguirem mas não tenham "a mania". Sejam humildes e modestos. Aprendam com quem sabe mais e tem mais experiência. 

 

#9 - Não peçam aumentos 

Nunca peçam aumentos. Se a entidade for séria e vocês trabalharem muito, se forem possíveis aumentos a entidade irá chegar-se à frente. OU então alguma coisa está errada! Não peçam reconhecimento pelo vosso trabalho, ele deve falar por si. A empresa tem de reconhecer a importância dos seus colaboradores senão não adianta esfarraparem-se dia após dia. No máximo, peçam educadamente para reverem juntos o contrato acordado anteriormente. Mas não peçam! Ninguém vai dar, se ainda não veio. E se vai dar ... mais tarde vai cobrar pelas cenas mais estupidas porque "te dei um aumento". 

 

#10 - Quando precisarem de faltar, faltem! Sem medo

A familia e a saúde são as coisas mais importantes da vida. Nunca as descartem para irem trabalhar mais um dia. Porque quando é preciso, para a familia, a empresa deve compreender. Deve ajudar e nunca dificultar. Mas não tenham medo, faltem. Porque o arrependimento pode matar. Óbviamente que não podem faltar a torto e a direito, mas quando a situação assim o exigir avisem e saiam. Tratem dos vossos primeiro, porque não foi a empresa que vos deu amor e carinho. 

 

Espero que tenham gostado. Como estou de férias tenho muitas reflexões a partilhar. Acho que aprendemos sempre que passamos por um trabalho novo, sempre que trabalhamos com novas pessoas e essa aprendizagem ensina tanto! Eu aprendi tanto nestes ultimos anos e ainda assim sinto que tenho tanto que aprender. A rede social nas empresas é sempre uma coisa débil, pronta a rebentar por qualquer coisinha. É preciso ser-se muito inteligente, ser-se atento para não dar passos em falso. Estou cada vez mais atenta!

2 comentários

Comentar post